AiP Logo.jpg LLP Logo

With the support of the Lifelong Learning

Programme of the European Union

Autism in Pink

Sobre o projecto

A investigação e os materiais produzidos através deste projeto permitirão aos especialistas no campo do autismo e aos cuidadores, famílias e professores das mulheres com TEA uma compreensão mais bem informada do autismo nas raparigas e mulheres e assim ajudá-las a adaptar os cuidados e apoio que lhes fornecem.

 

Os focus groups e workshops informarão a investigação e ao mesmo tempo fornecerão empowerment às mulheres no espetro do autismo para desempenharem um papel ativo a moldarem as suas próprias vidas e melhorarem o perfil das mulheres com autismo.

 

As abordagens utilizadas para avaliar assuntos que dizem respeito às mulheres com TEA incluem medidas formais de qualidade de vida e foram desenhadas em sintonia com os valores e alvos da União Europeia em termos de direitos humanos e qualidade de vida e os que são valorizados na Carta das Pessoas com Autismo do Autism-Europe.

 

A avaliação foi efetuada através da utilização do Personal Wellbeing Index (PWI Cummins 2005), um instrumento desenvolvido para este fim e que pode ser utilizado de forma flexível para refletir a experiência subjetiva deste grupo diverso.

 

Referências:

 

Baird, G. et al. (2006) Prevalence of disorders of the autism spectrum in a population cohort of children in South Thames: the Special Needs and Autism Project (SNAP). The Lancet, 368 (9531), pp. 210-215.

 

Brugha, T. et al (2009) Autism spectrum disorders in adults living in households throughout England: report from the Adult Psychiatric Morbidity Survey, 2007. Leeds: NHS Information Centre for Health and Social Care. Download here.

 

Fombonne, E., Quirke, S. and Hagen, A. (2011). Epidemiology of pervasive developmental disorders. In Amaral D.G., Dawson G. and Geschwind D.H. eds. (2011) Autism spectrum disorders. New York: Oxford University Press, pp. 90 – 111. Available from the NAS Information Centre.

eng lith por spa asperger faces 200h