AiP Logo.jpg LLP Logo

With the support of the Lifelong Learning

Programme of the European Union

Autism in Pink

Quebrar o silêncio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este livro online não visa explicar como é a vida de todas as mulheres com autismo. Narra as histórias de mulheres individuais, que se inscrevem no espectro do autismo e foram diagnosticadas. E narra essas histórias nas suas próprias palavras e nas suas próprias imagens. Os relatos apenas foram editados para melhor fazer ouvir a sua voz.

 

Descarregue o livro online Quebrar o silêncio 

 

Tem problemas com esta pasta? Descarregue o Acrobat Reader  

Breaking the Silence birds

Embora haja mulheres que falaram abertamente sobre o seu autismo, como Temple Grandin, Donna Williams e Rudy Simone, esta condição continua a ser considerada como maioritariamente masculina. Estas mulheres falam, mas regra geral ficam em silêncio, pelas mais diversas razões. Talvez tivessem tentado falar, sem conseguir ser ouvidas.

 

Muitas mulheres são ainda encaradas com descrença, quando sugerem sofrer de autismo, mesmo quando dispõem do diagnóstico.

 

«Não pode ser autista – é uma pessoa normal.» Mas o que é ser normal?

 

«Sofre de autismo moderado.» «Tem autismo de alto funcionamento.» Mas o que é o autismo moderado e o que significa autismo de alto funcionamento?

 

É seguramente melhor pôr de parte estes termos e definições inúteis e considerar as mulheres em si. Como é a sua vida, como se sentem, quais as suas dificuldades e os seus triunfos? O que as distingue das outras mulheres?